Filtragem de óleos Hidráulicos

As principais funções dos óleos hidráulicos ou fluidos hidráulicos são fornecer energia e força para os sistemas hidráulicos das máquinas, além de dar forma aos ingredientes dos produtos no caso das indústrias alimentícias.

Ele é essencial para lubrificar e proteger as peças evitando o desgaste prematuro das mesmas, melhorando assim a eficiência dos sistemas hidráulicos.

 

Há três tipos de óleos hidráulicos: Óleos Minerais (refinados a partir de solventes parafinicos), Óleos Minerais Tratados (possuem alta resistência à oxidação e ao envelhecimento, pois são livres de hidrocarbonetos não saturados) e óleos sintéticos (possuem como base a Polialfaoleofina (PAO), são principalmente utilizados em indústrias alimentícias e farmacêuticas, pois possui alto ponto de fulgor e podem ser utilizados em sistemas hidráulicos que precisam de baixa fluidez). A maioria é produzida com óleos minerais devido ao seu baixo custo, entretanto, para uma melhor qualidade os mesmos devem ser melhorados com vários aditivos (inibidores de corrosão, antioxidantes, detergentes, aditivos de extrema pressão (EP), antiespulmantes, demulgadores, etc).

  • Aplicação

    A filtragem promove um aumento na vida útil do equipamento e redução de custo pela utilização de fluídos contaminados com partícula de sólidos.
    Estudos demonstram que mais de 75% das falhas de sistemas são resultantes diretas da contaminação causando:

    • Perda de produção (paradas)
    • Custos de reposição dos componentes
    • Reposição frequente do fluido
    • Baixa vida dos componentes
    • Aumento dos custos da manutenção geral
    • Aumento do índice de sucata

    Faça uma cotação: 69-9.9282-4633(c/watsapp) ou email biofloresta@gmail.com

     

     

    Comprar óleo novo ou filtrar? Comparação de valor!

    Você sabia que não é necessário a troca do óleo de seu equipamento?

    Fazemos a Recuperação através do sistema de Filtragem de Óleo, fazendo com que o óleo retorno às características de um produto novo, sempre seguindo a classificação das normas ISO 4406 e NAS 1638.

    Veja aqui um comparativo de preços.

    • Vamos dar um exemplo para filtragem de 1.000 lts de óleo Hidráulico 68.
    • Para a compra de 1.000 lts de óleo Hidráulico 68 novo você gastará em média de R$ 9.000,00
    • Para contratar o serviço de filtragem de 1.000 lts de óleo Hidráulico 68 você economizará até 70% desse valor.**

    ** valor aproximado, depende de vários fatores para a formulação do calculo

    Limpeza de Reservatório

    Limpeza de Reservatório

    Veja na ilustração acima que as particulas de sujeira ficam no fundo do reservatório, por isso é essencial ao filtrar o óleo, retirar todo o óleo do equipamento e efetuar a limpeza do reservatório.
    Muitas vezes o equipamento não pode parar e não é feito esse processo para retirada das particulas do fundo do reservatório o que não é correto.

    Prevenções de Fluídos

    Preditiva:
    Verificar mensalmente as condições do fluído nos elementos filtrantes existentes nos tanques, válvulas, bombas, sistemas, etc . Verificar através da preventiva os tipos de contaminantes.
    Preventiva:
    Verificar as condições dos fluídos através de analises Kal Fischer, contagem de partículas, ferrografia, viscosidade, cor e acidez.
    Corretiva:
    Corrigir os fluídos através de Purificação através de tratamento Centrivácuo, Termofiltro ou Filtro Prensa, com elementos nominais ou absolutos.

    Unidade Móvel de Filtragem de Óleo

    Unidade Móvel de Filtragem de Óleo

    Existem vários modelos de unidades móvel de filtragem, é utilizada para filtragem em paralelo (OFF-LINE) de reservatórios de óleo, pode ser utilizado no abastecimento de sistemas com nível de contaminação baixo, também é utilizado na drenagem de reservatórios para limpeza e manutenção.
    Utilizando de filtros (meio filtrante) de vários tamanhos controla o Nível de Contaminação (ISO4406) do seu sistemas hidráulico e de lubrificação.
    Veja algumas especificações de uma unidade móvel de filtragem mais comum.

    • Vazão nominal: 45 l/min
    • Pressão máxima: 3 bar
    • Filtro sucção: tela inox, 125 micra
    • Filtro pressão absoluto: 3 micras
    • Viscosidade de trabalho: 10 a 120 cSt
    • Temperatura de trabalho: 20 – 80ºC

    Normas de Limpeza – Filtragem de óleo

    O processo de filtragem de óleo deve seguir algumas normas que garantam a limpeza do óleo.
    As normas são regulamentadas por órgãos internacionais. Como a Norma I.S.O. 4406 e a Norma NAS

    Norma I.S.O. 4406: é a norma mais utilizada para medir a limpeza do óleo. Trata-se de um guia de representação, o qual tem o intuito de simplificar o relatório de contagem de partículas, convertendo a quantidade encontrada por mililitro da amostra analisada em um código que mensura esse valor. Trabalha com 3 referências de tamanho de partícula: 4 micrômetros, 6 micrômetros e 14 micrômetros;

    Norma NAS 1638: a norma NAS 1638 é considerada mais prática e avalia o nível de contaminação por meio da contagem de partículas em 100 ml. Para isso faz o uso de 5 diferentes faixas de tamanho: (de 5 a 15 micrômetros, de 15 a 25 micrômetros, de 25 a 50 micrômetros, de 50 a 100 micrômetros, ou maior ou igual a 100 micrômetros);